terça-feira, 5 de abril de 2011

Eu via seus olhos encontrarem os dela. Eu via a felicidade no riso de vocês. Eu via o carinho com que você a tocava. Eu via que qualquer sensação parecida, eu jamais havia despertado em você. E com a rapidez de uma lágrima rolando quente pelo meu rosto, eu entendi porque ela e não eu. 

8 comentários:

The Girl disse...

Selo pra você no meu blog!
http://naohacomoevitar.blogspot.com/

Anônimo disse...

Chorei ao ler: descreveu exatamente como eu me sentia.

Alencar Júnior disse...

Chorou ao ler ? ta feio em.
Pode não.

Nathalia Furtado disse...

Lindo texto gauchinha *-* Alencar até aqui, hsuahushauhs.

Mαriα Pαulα disse...

Achei esse muito 'meu'. Está sumida, Carol!

Beijo !

Júlia Girardi disse...

Adorei, sem exagero, todos os textos. Queria saber escrever assim :)

Caroline Peres disse...

Muito obrigada pelo selo, The Girl. Muito obrigada pelas lágrimas, mesmo achando que as mereço, anônimo. Não vejo problema chorar ao ler um texto, que de certa forma mexe com você, Alencar Júnior. Obrigada por sempre aparecer aqui, paulistinha querida. Estou sumida mesmo, Maria Paula, mas é que minha inspiração está tão baixa e meu tempo tão curto. E mais um obrigada, Júlia, por ler o blog e ainda mais por ter gostado do que eu escrevo. :)

Luíza Tavares disse...

É um dos teus textos que mais gosto, parabéns, Carol!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...