sábado, 2 de abril de 2011

De repente eu me perdi nas entrelinhas de quem eu era, e quando dei por mim estava fazendo tudo o que antes eu julgava errado. Eu podia até estar me divertindo, mas não sabia mais quais eram meus limites; até onde eu podia ir. 

2 comentários:

nath disse...

adorei essa carol :)

Luíza Tavares disse...

Eu amo esse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...